domingo, 14 de dezembro de 2014

Really???

Transcrever as palavras dos outros é tão feio!!!
Principalmente quando não se faz referência aos mesmos.


terça-feira, 21 de outubro de 2014

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

E a meses de chegar aos 30 chego à conclusão que não sou nada daquilo que julgava ser.
É uma descoberta perturbadora, mas importante... é a consciencialização... sem essa nada pode mudar.

E toda esta consciência desperta começa quando ela me diz:
- que eu penso muito, mas falo pouco. E eu que achava que era um livro aberto... que falo pelos cotovelos... que era direta.
- que não sei colocar limites aos outros... pois acho que os outros são como eu, pensam como eu, agem como eu, e que por isso não há necessidade de mostrar os meus limites, porque são óbvios... óbvios para mim... para os outros não tanto.
- sou muito medrosa... e eu que achava que era uma besta! Tão medrosa que não digo nada para não magoar ninguém... para manter a atitude protocolada... para não ser desagradável... para não pmerder as pessoas... para não ficar mal na fotografia. Não fico mal na foto, mas a foto fica desfocada.
- que estou tão focada em combater os meus fantasmas kármicos que me esqueço de combater os meus fantasmas mundanos/diários.

Entre muitas outras coisas.

Como é que com tão pouco conhecimento a meu respeito, alguém me remexe tanto nas entranhas.
Obrigada por isso, é importante levar uma chapada de realidade de vez em quando.

domingo, 12 de outubro de 2014

Domingo de pijama

 
Um domingo de chuva e vento e eu e a minha menina em casa todo o dia de pijama.
Faz tão bem à alma :)

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

4 meses depois...

4 meses sem meter os dedos e as vistas no meu blog...
Tenho saudades... tenho que arranjar tempo e maneira de retomar a minha escrita.
Sinto necessidade disso, de me exprimir...
Tenho também que retomar as minhas leituras, afinal anda por aí tanto recado solto para mim :)


segunda-feira, 28 de abril de 2014

terça-feira, 15 de abril de 2014

É triste...

É triste quando sinto que estou cada vez mais longe de pessoas que considerava serem importantes.
É triste sentir que só posso contar e confiar com os meus pilares de sempre.
É triste não poder ser transparente e verdadeira, porque sinto que estou sempre a ser julgada... para que isso não aconteça não minto, mas omito muita coisa.
É triste o espirito de competição contante, a inveja, a cobiça.
É triste o egocentrismo, o dogmatismo, a mania da superioridade.
É triste que uma palavra, uma ação possa destruir anos de construção.
É triste mas é a vida... e se há coisa que já aprendi há muito, foi a saber viver.

sábado, 12 de abril de 2014

A outra face da moeda

Mas depois sabe tão bem receber elogios, vestir a roupa e sentir-me bem, subir a rua para o meu trabalho e não ficar com um pulmão de fora :)

terça-feira, 1 de abril de 2014

Rais parta!

Uma pessoa faz dieta e exercício para se sentir melhor com a imagem refletida no espelho... para ficar mais saudável e com mais resistência.
Isto era tudo muito bonito se não andasse com um ar de infeliz e mal humorada por não comer os meus aconchegos. Se não andasse há um mês com dores musculares...
 
A motivação está como o tempo!!!
Raios!

domingo, 16 de março de 2014

I love SUN

 
Parque das Nações + caminhada + SOL = Baterias recarregadas para nova semana
 
E para salientar que a BTL foi uma desilusão.                        

sexta-feira, 7 de março de 2014

Motivada

Este solinho torna-me muito mais feliz e bem disposta.
E também muito mais motivada e com vontade.
Temos 2 meses para perder 10kg... e para isso tenho que me esforçar à séria.
É a minha prova de fogo!
Acreditam que é desta?

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Frustração

Frustração é sentir um prazer enorme em comer (tudo e mais alguma coisa) e isso ser um perigo eminente para a balança.
Frustração é tudo me dar para comer. A alegria, a tristeza, a angustia, a comemoração, as saudades, o nervoso, o stress, a tranquilidade...
Frustração é ouvir alguém dizer que não aprecia doces, que come para sobreviver, que acha o tempo com as refeições são um desperdício. E eu não me identificar com nada disso.
Frustração é ter um marido que come ainda mais que eu e é um lingrinhas.
Frustração é engordar num instante e demorar uma eternidade sofrida para perder.
Frustração é andar há dois anos em dieta e estar precisamente com o mesmo peso.
Frustração é estar perto dos 80kg na balança.
 
HORA DO BASTA!
 
Duas semanas de controlo e moderação e temos menos 2kg na balança.
Vamos ver onde este basta e esta motivação me vão levar desta vez.
 

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Será possível?

Há anos que não bebia um café. Não sou mesmo apreciadora.
Hoje para não negar um convite de uma cliente lá bebi.  Pingado já para não bater muito. Eram 11 horas da manhã.
E agora aqui estou eu sem pinga de sono... será possível? Será psicológico?
E logo eu que sou um cu de sono.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Lembram-se do última post?

Pois que o momento de leitura e quentinho não se realizou.
A oficina do meu vizinho que estava fechada começou a deitar fumo.
O vizinho romeno que mora por cima e que mal fala português a ficar preocupado. 
Tive que telefonar aos bombeiros, ajudar a salvar um cão e dar a identificação ao agente Pinto.
Perdi o meu momento de lazer ... mas é um sentimento tão bom ser útil à sociedade.