quinta-feira, 12 de julho de 2012

Psicologia caseira

Neste cantinho onde faço magicas com cores, também é lugar de confissões, troca de opiniões, aberturas de alma. 
Resumindo: psicologia caseira.
Mas por vezes há coisas que eu preferia não saber, há coisas que me fazem doer os ouvidos só de ouvir, há coisas que eu preferia não dar opinião (pois normalmente é dura e fria).
Estas coisas fazem-me pensar que a humanidade está cada vez mais podre, que já não existe respeito pelo próximo nem pelo próprio, que anda meio mundo a enganar outro meio.
E assusto-me ao perceber que a grande maioria das pessoas vive e age desta forma.
E se há coisa que abomino é pessoas mau carácter, é a chico-espertisse, é a falta de lealdade e transparência.

E questiono-me: será que sou eu que tenho uma visão muito ingénua? Será que sou eu que estou redondamente enganada? Será que também sou uma vitima nas mão desses chicos-espertos?

Tendo em contra o transtorno
 que estas consultas me trazem, 
acho que vou começar a cobrar.


1 comentário:

Vera disse...

É como te disse uma vez: nós não somos deste mundo...Somos aliens! :D
Eu padeço do mesmo mal...